Dezembro 25 2009

Hoje encontrei-te, sensual como sempre. Provocavas-me com o teu olhar de leoa feroz. Daí até trocarmos um beijo bem demorado, foi um passo. Senti a tua saliva na minha boca, gostosa, enquanto a tua língua se divertia. A minha mão deslizava pelo teu cabelo, liso, loiro, até acariciar o teu corpo, para te prender com mais força contra mim.

 

Não resististe, e passaste a tua mão pelo meu pau que já só queria ser libertado. Fizeste-lhe a vontade, e apertaste-o na tua mão enquanto o esfregavas. Depois ajoelhaste-te, e envolveste os teus lábios húmidos nele. Cheia de fome, abocanhaste-o, como só tu o sabes fazer.Sentia a tua língua passear-se pela cabecinha do meu caralho teso e inchado de desejo. Agarrei-te o cabelo, e cheio de tesão ajudei-te nos movimentos. Sentia um prazer cada vez mais descontrolado, enquanto tu te divertias a chupar e a lambê-lo. 

 

Tornaste a levantar-te, louco de desejo, encostei-te à parede e beijei-te, enquanto a minha mão procurava a tua rata- Desapertei-te as calças, justinhas, como eu gosto, cheguei para o lado a tua cuequinha, e comecei a penetrar-te com os dedos, enquanto enchia o teu pescoço de beijos. Tiraste a camisa que cobria o teu doce corpo, ajudei-te a tirar o sutiã, e mergulhei entre os teus seios redondinhos que acariciei com a minha língua. Saboreei a tua pele e ouvia-te gemer de excitação pela massagem que os meus dedos faziam ao teu clítoris. Cada vez mais cheio de desejo, saboreei a tua cona lambendo os meus dedos, enquanto tu desesperadamente me pedias para entrar dentro de ti. Fiz-te a vontade, e de uma só vez, enfiei o meu caralho na tua cona bem húmida. Os teus gemidos faziam-me acelerar ainda mais o ritmo. Os meus lábios não paravam ora de provar o teu pescoço, ora de procurar a tua boca. O sabor da tua saliva despertava em mim uma sede cada vez mais insaciável. Viraste-te de costas contra a parede, deixando-me o teu cuzinho redondinho à disposição. Fiz-te a vontade, e enquanto acariciava as tuas mamas, enterrei o meu caralho no teu traseiro. Gemíamos de prazer, e juntos atingimos o orgasmo.

 

Demos um longo bejio, e perguntaste-me qual tinha sido o meu melhor presente de Natal.

publicado por fantasiasdeumtentador às 22:48

Aiaiai
Que delicia ler seus contos!
Fiquei aqui até acesa!
Beijo
T I N I N
TININ a 22 de Abril de 2010 às 06:36

Adorei o conto fiquei cheia de tesão.

Bj
Conto erotico a 23 de Novembro de 2010 às 15:09

mais sobre mim
Dezembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
26

27
28
29
30
31


pesquisar
 
blogs SAPO